O que eu aprendi com o Rock in Rio

O primeiro final de semana do Rock in Rio passou e eu curti bastante, obtive uma experiência incrível, um cansaço sobre-humano e sobrevivi haha. Digamos que o guia que publiquei aqui no blog ajudou bastante!! 😀 Então resolvi contar para vocês um pouquinho do que esperar dos próximos dias do festival.

Os ingressos e o acesso ao local

Eu entrei em 500 grupos no face para tentar vender os ingressos do show do Metallica e por fim acabamos desistindo, pois conseguirmos ir. Vi diversos valores por lá, mas o que me surpreendeu era a quantidade de cambista tentando comprar bem baratinho e depois revendendo por preço de um rim. No primeiro dia, no show do Queen chegamos bem tarde ao local, devido a dificuldade que passamos para chegar na cidade do rock. As filas para pegar o BRT especial que saia do terminal Alvorada para o evento eram gigantescas, então recomendaram para gente saltar na estação Rio 2 e ir a pé até o local do evento. Isso rendeu a caminhada do ano para a sedentária aqui, cerca de uns 30 minutos andando. Já no segundo dia fomos mais cedo, tudo parecia está mais organizado e também mais vazio. Surgiu um boato que você teria que comprar um cartão especial para ter acesso ao transporte específico que o prefeito disponibilizou, mas se você tiver crédito naqueles cartões do bilhete único ou o rio card, não é preciso enfrentar as filas. Bastava ter R$6,80, pois seria descontado a ida e a volta, depois você ganhava uma pulseira na qual não podia perder, se não teria que pagar a passagem de novo. No meu foi descontado só uma passagem, não sei por quê.

Ouvi muita gente postando nesses grupos do facebook no qual eu citei acima que dava para ir de carro e deixar estacionado na Cidade das Artes, porém se você dissesse que estava indo aos shows eles cobravam um absurdo.

Nos dois primeiros dias eu entrei como meia e ninguém pediu minha carteirinha de estudante ou identidade, não sei se no domingo pediram, pelo menos nos horários que entrei, as pessoas que pegaram meus ingressos não pediram nada disso.

Os shows

Sem dúvidas foi emocionante ver a homenagem que o Queen fez ao Freddie Mercury na música Love of my life e o Adam arrasou na função de levar adiante uma das maiores e melhores vozes que esse mundo já pode ouvir. Não consegui ver a abertura e nem a homenagem a Cássia Eller e mal conheci o lugar, estava muito cheio. Já no dia do metal, o som falhou um pouco no show do Metallica. Korn arrebentou e estava bem melhor para andar e conhecer o local. Consegui até ir no brinquedo.

Os stands das marcas Pepsi, Volkswagen, Correios, Submarino e outros deram um show!! Arrasaram nas apresentações com os cantores e sem dúvidas cativou o público com a animação e seus brindes.

O aplicativo Bloom e sua promessa de não ter filas

A estratégia foi boa, mas gente pera, todo mundo quer ir aos brinquedos né. A tirolesa esgotou em meia hora, a montanha russa eu nem cheguei a ir, a roda gigante até 17h ainda tinha horário. Agora tinha um brinquedo doido lá que girava e quase fazia um loop de 360º que eu e Marcelo estávamos doidos para ir. Chegamos as maquininhas do app e encontramos uma fila, ficamos nela cerca de dez minutos, eram 18:17 e só conseguimos horário para 21:15.

Repito a ideia deles foi boa, mas teve fila sim. Porém, antes você ficava em torno de 6 horas na fila para tentar entrar no brinquedo e às vezes nem conseguia e com o app a fila era rápida e dizia quantas vagas ainda tinha em uma telinha perto das máquinas, ou seja, ao esgotar os horários você não perdia tempo em fila.

Era super tranquilo bastava colocar o celular na base lá e ele te dava o horário, faltando alguns minutos ele te alertava. Não era preciso o uso da internet, só bluetooth. E caso você não tivesse com o celular ou se ele não suportasse, na fila mesmo eles te entregavam uma pulseirinha que fazia a mesma coisa, só não lembrava o horário.

As comidas e o banheiro

Os preços exorbitantes se confirmaram, mas eu levei de casa e quase não gastei dinheiro com isso, apenas com as bebidas. O chopp custava R$ 10,00, água quente e gelada R$ 5,00, refrigerante R$ 7,00 e bebedouros só vi perto dos banheiros, disseram que a água saía bem fraca. A dica é comprar vários tickets e depois ir usando, pois se perde muito tempo nas filas. É fila para comprar e fila para pegar.

Sobre o banheiro, eu só fui no dia 19 e mesmo tendo muito gente na área da limpeza, elas não estavam dando conta. Ouvi também falarem que faltou água.

Os produtos oficiais do RiR

A loja oficial do Rock in Rio trazia umas coisas bem legais como blusas, casacos e até a lama do evento no ano de 1985, mas tudo bem carinho… ops Lama de 85? Alguém acredita? Melhor não comentar…

A volta para casa

Desordem total, todos queriam sair ao mesmo tempo e você andava em passo de formiguinha. É muito melhor esperar um pouco sentado, do que andar a passos de formiga. Muita gente enfrentando filas no guarda volumes e disseram que houve muitos roubos, particularmente eu não vi. Levei uma mochila esportiva e não tive problemas com ela, se alguém tentasse furtar algo lá de dentro dava para sentir.

mochila-esportiva-MAL3020-12-13

Lembrando que essas foram as minhas experiências e um pouco do que ouvi e vi por lá. Aconteceu algo marcante com você ou algum conhecido? Me conta nos comentários…

Não esqueça de dar uma olhada no Guia completo de como sobreviver no Rock in Rio.

Beijinhos e já estou na espera do próximo Rock in Rio, com certeza não perderei nenhum daqui pra frente, vivi momentos incríveis e inesquecíveis.

Vocês já me acompanham nas redes sociais?

 Fanpage | Instagram | Youtube | Twitter | Bloglovin’ 

COMENTÁRIOS

    cara que inveja branca
    sério fico pensando e divagando sobre o dia que poderei ir ao rock in rio kkkkkk senhor preciso deve ter sido muito emocionnate e por mais que tenha vários imprevistos e coisas chatas nesse meio tipo filas e onibus e coisas ainda assim deve ter sido muito emocionante estar lá
    eu nem pude assistir os shows pois estava muito ocupada a unica performance que asssisti foi do queen com o adam e gnt que show foi aquele cara >> morri e cantei quase todas as musicas junto… fiz um mini rock in rio com a tv bem alta e eu gritando kkkkkkk

    http://www.meumuraldeideias.com

    Vou ao RiR desde 2001 e só foi evoluindo com o passar dos anos!
    Fui no dia 19
    EU particularmente não vi nenhum tumulto ref a roubos ou brigas (graças a Desus)
    Esse ano pela primeira vez eu fui de primeira classe aquele cartão q vc paga R $70,00 e vai e volta sem transtornos(recomendo a todos q puderem comprar) Até Pq na ida todo santo ajuda…. o triste e a volta … q vc chora como eu já fui em outras edições sei muito bem como eu chorei de cansaço,bebedeira!
    As comidas eu levei meu kit de sobrevivência. .. Não gastei dinheiro com comida apenas bebida
    Refrigerantes 7,00
    Guatorreide 8,00
    Água 5,00
    Cerveja 10,00
    Mantiveram o preço da edição passada estava até achando q o chopp seria mais caro esse ano enfim…
    Os banheiros até um certo horário estava bem bacana por volta das 20 hrs estava impossível!
    Realmente por volta desse horário não tinha água nas torneiras para lavar a mão… mais acredito que não houve vazão … pra quant. De pessoas,ja q fui ao banheiro por volta das 23 hrs economize banheiro estava limpo e com água,papel.
    Ref. ao aplicativo fui em todos os brinquedos menos a tirolesa q se esgotou muito rápido!
    Eu entrei na cidade do ROCK por volta das 14:30 e ja tinha se encerrado!

    Volto novamente n! Cidade no dia 24 caso aconteça algo lá … volto e conto

    Bjsss pessoas ;*

    Fui na sexta, estava na fila da heinekein e de repente começou uma confusão. Parecia ser uma briga, mas depois descobrimos que um cara viu um outro furtando! O cara estava cheio de celulares e carteiras com identidade de varias pessoas. Seguraram ele ate q chegassem os seguranças! Tem algumas pessoas q vão la so p furtar… Aff

    Muito legal sua postagem Geovanna,eu trabalho na produção do RIR e pode ter certeza que irei passar suas experiências negativas e positivas para o pessoal da produção, para estarmos melhorando sempre mais.
    Obrigado

    Mas saltar no Rio 2 e ir andando com certeza foi muito melhor que mofar na fila da Alvorada!

    Esse foi meu segundo ano de Rock in Rio e tenho algumas observaçoes:
    Sobre o transporte, no horario que fomos umas 19:45, nao tivemos problemas, achei que foi ate bem rapido, muitos onibus saindo em um curto espaço de tempo e as filas qdo grandes andavam bem rapido. Nao tivemos essa informaçao de que poderia usar o cartao transporte, apesar de ter perguntado isso a moça do guiche, ela disse q nao sabia se poderia fazer isso… na duvida acabamos comprando a passagem. A volta ja foi sacrificante pq contava com a ajuda do cansaço rsss e aquela saida em que nao se andava Meu Deus!!!! Que tortura!!!!!! Sobre o Bloom ODIEI! Tudo bem acabou com as filas? Sim acabou!! Mas excluiu totalmete a possibilidade de quem nao pode chegar tao cedo, de ir a um brinquedo. Pois para tiroleza abria as 14h o agendamento e as 14:40 ja estava esgotado, imagino que montanha russa nao tenha sido diferente e vi tbm dia 19 q na roda gigante as 20h ja nao dava mais pra fazer so nao sei em q horario acabou pois ainda tinham 2 totens ligados porem esgotado. No outro ano pelo menos consegui ir na roda gigante e nem fiquei tanto tempo na fila.
    Banheiros deixaram mto a desejar mas nao culpo as meninas da limpeza pois fui varias x e vi q elas estavam se esforçando. O problema eh o povo sem educaçao ou cheio de cachaça msm q nao sabe usar, joga papel no vaso e por ai vai…
    Ah tem tanta coisa rsssss
    Preços… ai ai alguem ai pagou 15 mangos num hamburguer “Hocket Pocket” do BOB’S? Q odio aarrrggg!!!

    Ainda bem q os shows valeram a pena!!!
    Queen foi maravilhoso!! Me fez lembrar mto minha mae que adorava ouvir e Metallica me surpreendeu gostei mto apesar de so conhecer umas 3 ou 4 musicas (nao sou fã de rock pesado meu esposo sim)
    Bem apesar de td valeu mto a pena!!

    a lama de 85 essa eu lembro muito bem!!!!! se soubesse teria guardado um pouco para vender agora!!!

DEIXE SEU COMENTÁRIO